Terça-feira, 1 de Agosto de 2006

AS MINHAS PALAVRAS

AQUI VOS IREI TRAZER ALGUMAS LETRAS DA MINHA AUTORIA, UMAS JÁ GRAVADAS OUTRAS AINDA NÃO, INFORMO QUE TODAS AS QUE AQUI PUBLICAR ESTÃO REGISTADAS EM MEU NOME NA SOCIEDADE PORTUGUESA DE AUTORES, PELO QUE QUALQUER UTILIZAÇÃO DEVE SER SOLICITADA Á SPA.

 UM DIA A MINHA MADRINHA PIEDADE OFERECEU-ME ESTE SÃO JOSÉ DE BARRO, POR ELA PINTADO Á MÃO, QUE FOI NO FUNDO A MUSA INSPIRADORA PARA O TEMA QUE ESCREVI E A QUE CHAMEI, "TENHO UM CRISTO QUE SORRI", ATENÇÃO O USO DESTA LETRA ESTÁ PROIBIDO POR MIM , UMA VEZ QUE FARÁ PARTE DO MEU NOVO DISCO QUE ESTÁ GRAVADO E SAIRÁ DIA 30 DE SETEMBRO. REGISTO NA SPA Nº 1.015.688

                          TENHO UM CRISTO QUE SORRI

           (José Gonçalez / Casimiro Ramos - Fado Carriche)

TENHO JUNTO Á MINHA CAMA

O MEU ANJO PEQUENINO

QUE QUANDO CHORA ME CHAMA

ENVOLVENDO-ME EM CARINHO

QUE QUANDO CHORO ME CHAMA

PARA CHORARMOS BAIXINHO

TENHO JUNTO Á CABECEIRA

UMA IMAGEM DE LUZ

TALVEZ A MAIS VERDADEIRA

DAS IMAGENS DE JESUS

TALVEZ A MAIS VERDADEIRA

DA MINHA IMAGEM NA CRUZ

E TODO PINTADO Á MÃO

TENHO UM SÃO JOSÉ DE BARRO

NOS MOMENTOS DE AFLIÇÃO

É AO SANTO QUE ME AGARRO

QUANDO QUERO PEDIR PERDÃO

PEÇO AO SÃO JOSÉ DE BARRO

NO ORATÓRIO DOURADO

DEBRUÇADO AO POSTIGO, TODO EM FLOR

TENHO O MAIS ENVERGONHADO

O MEU CRISTO MAIS ANTIGO, JÁ SEM DOR

TENHO O MAIS ENVERGONHADO

PORQUE É LÁ QUE VOU CONTIGO, MEU AMOR

 

E NUMA CRUZ A AGONIZAR

TENHO UM CRISTO QUE SORRI

SE UM DIA O VIREM CHORAR

PODEM DIZER QUE PARTI

VENHAM COM ELE CHORAR

CHOREM POR MIM QUE MORRI.

 

                         SINAIS DE PRIMAVERA

      ( José Gonçalez / Jaime Santos, fado alfacinha)

 

                      TODOS OS DIAS TE VEJO  

                      NA FIRMEZA DOS TEUS PASSOS

                      TODAS AS NOITES DESEJO 

                  ENCONTRAR-TE NOS MEUS BRAÇOS

 

                      A CORTINA QUE ABRAÇANDO

                      RECEBE O AMOR QUE É P`RA TI

                      DOS BEIJOS QUE LHE VOU DANDO 

                      JÁ TEM CIUMES DE TI

 

                      A NOSSA CAMA DESERTA

                      VESTIDA D`ALVOS LENCOIS

                      VOU DEIXÁ-LA BEM ABERTA

                      PARA CABERMOS OS DOIS

 

                      SEI QUE NÃO SERÁ ETERNO

                      ESTE AMOR QUE POR TI ESPERA

                      MAS ÁS VEZES O INVERNO

                      TEM SINAIS DE PRIMAVERA

 

                      MAS SABES TENHO A CERTEZA

                      QUE ESSE AMOR DESENCONTRADO

                      UM DIA PERDE A FIRMEZA

                      E ENCONTRA-SE A MEU LADO 

GRAVADO E EDITADO POR LENITA GENTIL EM 2005 PARA A EDITORA OVAÇÃO NO CD "OUTRO LADO DO FADO" - SPA Nº 1.039.688             

             

PARA LER MELHOR CLICK EM CIMA DA FOTO                             

 

                                           


josegoncalez às 08:07
|
josegoncalez@sapo.pt
HOMEPAGE CARTAZES DISCOGRAFIA ESPECTACULOS FOTOS FOTOS E LEMBRANÇAS RADIO TV

.participar

. participe neste blog